top of page
  • Foto do escritorRaul Shalders

Será que seu perfil de investidor mudou? Saiba a importância de acompanhar esse movimento!


Perfil de Investimento

Não é apenas o mercado financeiro e a economia que podem passar por mudanças frequentes. Dependendo do seu momento de vida e do seu nível de experiência, o seu perfil de investidor também pode se alterar com o tempo.


Ter atenção a essas alterações é fundamental para garantir que suas decisões no mercado se mantenham alinhadas com a sua realidade. Logo, vale a pena saber como acompanhar essas mudanças e como reagir a elas.


Quer entender como identificar se o seu perfil de investidor mudou e como lidar com esse movimento? Continue a leitura!


O que é e como funciona o perfil de investidor?


O perfil de investidor é uma das características mais importantes para conhecer antes de alocar seus recursos no mercado financeiro. Na prática, ele representa o seu nível de tolerância ao risco, indicando quais são suas necessidades em relação à segurança.


Ele se divide em três classificações principais: conservador, moderado e arrojado, indo do menor ao maior apetite ao risco. Para identificar o seu perfil, é preciso realizar um teste de suitability ou uma avaliação de perfil de investidor (API). Com base nas suas respostas, será possível determinar em qual classificação você se encaixa.


Qual é a importância de conhecer seu perfil e acompanhá-lo?


Devido ao funcionamento do perfil de investidor, ele é especialmente importante para embasar as suas decisões de investimento. Conforme suas características, você sabe qual deve ser o nível de risco geral do seu portfólio para atender às suas necessidades de proteção ou rentabilidade.


Mas além de conhecer seu perfil em um momento inicial, é preciso acompanhá-lo. Dependendo do seu momento de vida, das suas finanças e mesmo da sua maturidade como investidor, é possível que o perfil passe por mudanças.


Você pode se tornar capaz de correr mais riscos ao ter mais experiência e conhecimento no mercado ou ficar mais conservador. A mudança também pode ocorrer dependendo dos seus objetivos financeiros, por exemplo.


Embora não seja necessário acompanhar o perfil com tanta frequência — como a cada mês —, é válido verificar se ocorreram mudanças mais intensas sobre a sua tolerância ao investir.


Como saber se o seu perfil de investidor mudou?


Para identificar se o seu perfil de investidor passou por alterações, é possível fazer uma nova avaliação da sua tolerância ao risco. Suas respostas podem ter mudado desde a última realização do teste, indicando aumento ou diminuição na sua capacidade de se arriscar.


O processo pode ser feito no seu banco de investimentos, a qualquer momento que você desejar. Ainda, a instituição deve aplicá-lo, obrigatoriamente, pelo menos a cada 2 anos. Assim, será mais fácil fazer eventuais adequações na sua carteira.


O que fazer caso seu perfil tenha mudado?


Como você viu, a mudança de perfil de investidor é natural, devido aos diferentes momentos de vida e ao amadurecimento no mercado. Conforme essas alterações acontecem, é preciso ajustar a carteira, para que ela reflita a tolerância ao risco em cada período.


Em um período que você estiver mais conservador, por exemplo, pode fazer mais sentido investir mais recursos em renda fixa. Já se você assumir uma postura arrojada, investir em renda variável pode ser mais adequado.


Nesse processo, é interessante contar com uma assessoria de investimentos para tirar dúvidas e ter ajuda para conhecer diferentes oportunidades adequadas a cada perfil de risco.


Agora você sabe que o perfil de investidor pode mudar, o que torna essencial fazer um acompanhamento recente das suas características. Assim, você mantém sua estratégia e sua carteira atualizadas e condizentes com seus objetivos e tolerância ao risco.


Quer ajuda para conhecer melhor as oportunidades do mercado financeiro? Entre em contato com os assessores da Jobin Investimentos!

38 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page