Buscar
  • Andre Maselli

LTN e previdência, uma boa combinação?

Atualizado: 30 de Mai de 2019

"Tenho 30 anos e quero me aposentar daqui 20 anos, com renda de R$ 20 mil por mês. Uso o Tesouro Direto comprando LTN no menor prazo possível (jan/17) e reaplico no vencimento novamente em LTN para os próximos 20 anos. Fiz simulações e verifiquei que teria uma rentabilidade maior com a LTN do que com outros títulos. Iniciei com R$ 300 mil em jan/14 e espero ter um retorno de R$ 3,5M em 2035, quando reaplicarei este montante no Tesouro Direto (seja Pré ou pós) que me dê pagamentos semestrais de R$ 120 mil, garantindo os R$ 20mil mês, sem contar com INSS ou Prev. Privada. Concordam?"



Raul Shalders Ulup, CFP,com a colaboração de Eduardo Winston, CFP:


Prezado Leitor,


Ao interpretar seu texto, verifico que considerou pontos importantes, entre os quais destaco: Horizonte de tempo, Objetivo claro, Estratégia bem definida, Plano de ação detalhado.


Porém, se analisarmos a pergunta sob outro ângulo, numa situação hipotética, onde não haja inflação: uma retirada mensal de R$ 20.000,00 consumiria o investimento de R$ 300.000,00 em 15 meses. A menos que o Leitor tenha baixíssima expectativa de vida após completar 50 anos, o sucesso da estratégia estaria totalmente condicionado a aportes adicionais ou ao rendimento dos juros reais apurados nas aplicações.


Esta simples análise dá uma dimensão do tamanho do desafio proposto e aponta para o rendimento dos juros reais(descontado da inflação) como principal fator para a concretização do objetivo. De volta ao mundo real, sugiro que considere em seu fluxo de caixa a busca por um montante a ser atingido em 2035 que possa lhe dar o rendimento mensal esperado por mais 35, 40 anos a partir da idade em que quer se aposentar.


Busque uma margem maior em seu montante final para se proteger dos impactos da inflação. Pois, durante 20 anos, os R$ 3.5M que calculou hoje não terão o mesmo poder de compra em 2035. E por fim, utilize no mesmo fluxograma uma taxa líquida de remuneração sobre o capital investido, descontado de taxas: de custódia, da instituição financeira e imposto de renda.


Feito o novo fluxo de caixa responda: O montante que precisa acumular para atingir seu objetivo descontando-se taxas, impostos e inflação é factível? Caso não seja, pense em reduzir o valor a receber ou em fazer novos aportes durante o período de acumulação do capital.


Definidos a estratégia e o objetivo, a fase seguinte seria a escolha do produto. Sua opção por títulos públicos é valiosa. Entretanto, não confunda uma estratégia bem definida com fixação a determinado ativo. Optou por um único título de curto prazo, o Tesouro Pré-Fixado 01/2017, com prazo de vencimento entre 1 e 2 anos que, portanto, terá uma alíquota de imposto de renda de 17,5%. Além de ter que pagar uma alíquota acima da mínima, ficará limitado às rentabilidades de um único título com o agravante que sempre que for “renová-lo” estará exposto ao risco da variação da taxa Selic, podendo comprometer seu planejamento de longo prazo.


Acompanhe não só o desempenho do Tesouro pré-fixado como dos demais títulos. Avalie a expectativa de retorno real e os riscos inerentes de cada um. É muito provável que no decorrer desses vinte anos haja necessidade de efetuar um balanceamento da carteira. Portanto, diversifique considerando estratégia, objetivo e tributação e não se restrinja a um único ativo.


Reavalie periodicamente se sua estratégia está sendo bem sucedida e siga firme em seu propósito. Parabéns pela sua iniciativa e continue em busca de atingir seus objetivos.


Raul Shalders Ulup, CFP®é planejador financeiro pessoal e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner), concedida pela Planejar – Associação Brasileira de Planejadores Financeiros. Email: raul.shalders@jobingroup.com.br.


Fonte: https://www.planejar.org.br/investimentos/ltn-e-previdencia-uma-boa-combinacao/

2 visualizações

Rua Pedroso Alvarenga, 584, 3º andar- Itaim Bibi - São Paulo- SP

(11) 4327-5760

Rua Visconde de Pirajá, 414 sala 1401 - Ipanema - Rio de Janeiro - RJ.

(21) 2018 1147

Ouvidoria BTG Pactual: 

Telefone: 0800 7220 048

E-mail: ouvidoria@btgpactual.com

  • White LinkedIn Icon

Entre em contato

© 2019 - Jobin Investimentos