top of page
  • Foto do escritorVinicius Fernandes

Como fazer captação de recursos para empresas no mercado de capitais? Entenda!

A captação de recursos é uma etapa importante para toda empresa que deseja crescer no mercado

Quando uma empresa precisa fazer a captação de recursos para realizar objetivos estratégicos, ela pode recorrer a linhas de crédito. No entanto, essas soluções aumentam o nível do endividamento empresarial.


Então uma alternativa que pode beneficiar o planejamento financeiro é recorrer ao mercado de capitais. Nesse ambiente, as companhias encontram diversas alternativas que podem ser adequadas às necessidades do negócio.


Neste artigo, você descobrirá como as organizações podem fazer a captação de recursos no mercado de capitais. Não perca!


Conheça as vantagens de captar recursos no mercado de capitais


As empresas podem buscar recursos para financiar projetos e o próprio crescimento, arcar com obrigações e driblar dificuldades financeiras, por exemplo. A captação também serve para evitar que o negócio se descapitalize, ficando sem caixa.


Nesse sentido, entre as vantagens de captar valores no mercado de capitais, vale destacar o menor custo. Isso porque tende a ser mais barato emitir valores mobiliários e pagar os investidores do que fazer um empréstimo bancário.


Ainda, vale destacar a regulamentação dos valores mobiliários e a atuação de órgãos competentes no mercado financeiro. Essas características conferem mais segurança para as empresas e investidores.


Veja as possibilidades de captação de recursos nesse mercado


Agora que você sabe as vantagens de captar recursos no mercado de capitais, é hora de conhecer as principais possibilidades desse ambiente.


Confira as principais!


Títulos de dívida


Os títulos de dívida fazem parte da renda fixa e funcionam como um empréstimo. Nesse caso, o investidor disponibiliza os recursos para a empresa e, no vencimento da aplicação, recebe a quantia principal acrescida de juros.


A remuneração pode ser fixa (prefixada), variar com um índice financeiro (pós-fixada) ou híbrida, que combina as duas lógicas de rentabilidade. Entre as possibilidades dessa classe estão os títulos de crédito privado, como as debêntures.


Elas podem ser emitidas por sociedades anônimas públicas ou privadas. Outra possibilidade é antecipar recebíveis que podem gerar certificados de recebíveis imobiliários (CRIs) e do agronegócio (CRAs), caso a empresa seja desses setores. Neles, a emissão ocorre por uma securitizadora que faz a antecipação de recebíveis.


Ações


Outra possibilidade é abrir o capital na bolsa de valores por meio de uma oferta pública inicial (IPO). Nesse processo, a empresa emite ações, que são a menor parte do capital social da companhia, e as negocia diretamente com os investidores.


Assim, os recursos levantados seguem para o caixa da organização. No entanto, apenas o IPO e outras ofertas públicas fazem com que a negociação de ações injete recursos diretamente na empresa. Ademais, com o processo, a empresa abre mão de parte do controle do negócio.


Saiba como acessar essas oportunidades


Como você viu, existem diversas formas de fazer a captação de recursos no mercado de capitais. Essas oportunidades podem ser interessantes para organizações de diferentes portes e necessidades distintas.


Para fazer a escolha certa, pode ser interessante contar com ajuda profissional. Com o suporte da Jobin Investimentos, é possível entender melhor como cada oportunidade funciona e ter apoio para escolher o que faz mais sentido para o negócio.


Você aprendeu como fazer a captação de recursos no mercado de capitais. Agora, é preciso analisar as necessidades e características da empresa. Com esse cuidado, é possível escolher a alternativa mais adequada para alcançar os resultados esperados.

Você precisa de mais informações sobre o mercado financeiro?


Entre em contato conosco e conheça melhor essas e outras soluções!

31 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page