top of page
  • Foto do escritorRaphael Battaglia

Como definir sua estratégia mensal de investimento? Entenda!

Como definir sua estratégia mensal de investimento? Entenda!

Investir no mercado financeiro é uma jornada que pode ser empolgante e oferecer boas oportunidades para você fazer o seu dinheiro crescer. Porém, para que isso realmente ocorra, é importante ter uma abordagem disciplinada.


Afinal, para colher frutos consistentes e alcançar seus objetivos, é essencial ter uma estratégia de investimento sólida e bem definida. Assim, você saberá como e onde investir os recursos, de acordo com os seus objetivos.


Nesse contexto, entenda neste artigo o que é uma estratégia de investimento, quais são seus principais tipos e como definir a sua pensando em aportes mensais!


O que é uma estratégia de investimento?


Uma estratégia de investimento é um plano que define como você distribuirá seus recursos entre diferentes alternativas ao longo do tempo para alcançar metas específicas. Na prática, ela envolve questões como:


●        em quais aplicações e ativos investir;

●        por quanto tempo;

●        em qual proporção.


Ademais, uma estratégia de investimento define aspectos como monitorar e reavaliar a carteira com o passar do tempo.


Muitas pessoas, em especial aquelas que estão dando os primeiros passos no mundo dos investimentos, não pensam nessa questão. É comum que elas apenas comecem a investir sem ter uma estratégia ou um direcionamento estabelecido.


Por consequência, as chances de cometer erros se tornam maiores. Portanto, se você deseja evitar esse tipo de situação, vale a pena construir a sua estratégia com eficiência.


Qual a importância de ter essa abordagem ao investir?


O próximo aspecto a considerar é que ter uma estratégia de investimento é fundamental por diversas razões. Em primeiro lugar, ela ajuda a definir seus objetivos financeiros e os melhores caminhos para alcançá-los.


Além disso, uma estratégia bem pensada ajuda a gerenciar riscos, maximizar o potencial de retorno e minimizar os efeitos das flutuações do mercado. Ela também serve como um guia para a tomada de decisões mais embasadas.


Dessa forma, é possível filtrar as alternativas disponíveis no mercado financeiro de maneira mais eficiente e evitar definições impulsivas que podem prejudicar seus resultados.


Se a abordagem envolver investimentos mensais, será mais fácil fazer seu patrimônio crescer, fazendo com que você se aproxime da realização das suas metas.


Quais são os tipos de estratégias?


Sabendo o conceito e a importância de uma estratégia de investimento, é interessante conhecer os seus principais tipos. Afinal, existem diversas classificações, com características distintas. A seguir, veja quais são as principais!


Buy and hold


No buy and hold, os investidores compram ativos, como ações, e os mantêm na carteira a longo prazo. O foco está no potencial de valorização ao longo do tempo.


Value investing


No value investing ou investimento em valor, os investidores procuram ativos subvalorizados em relação ao seu valor intrínseco, acreditando que o mercado reconhecerá seu potencial no futuro. A ideia é encontrar ativos descontados (abaixo de seu preço justo), o que amplia o potencial de valorização.


Foco em dividendos


A estratégia com foco em dividendos prioriza os investimentos que pagam dividendos, como ações, fundos imobiliários (FIIs) e outros veículos financeiros. A ideia é obter uma renda passiva a partir das fontes que tendem a pagar proventos regulares e consistentes.


Cada estratégia está relacionada a um perfil de investidor, a uma classe de investimentos, além de objetivos e prazos específicos. Portanto, cabe a você estabelecer a sua alternativa ideal, de acordo com suas preferências, interesses e necessidades.


Como definir uma estratégia de investimento mensal?


Uma boa estratégia de investimento pode proporcionar diversos benefícios para o seu desempenho no mercado financeiro. Mas afinal, como defini-la, em especial, pensando em aportes mensais? Para esse propósito, você deve ter atenção a alguns pontos.

Descubra quais são eles!


Faça um planejamento financeiro


Para ter uma estratégia mensal de investimento, o primeiro passo é organizar de maneira apropriada as suas finanças pessoais. Afinal, elas precisam estar em ordem para que você consiga investir todo mês.


Se em um mês sobra, por exemplo, R$ 2.000 e em outro não sobra qualquer valor, será difícil manter os seus aportes regulares. Então faça um bom planejamento financeiro pessoal para entender todas as entradas e saídas de dinheiro do seu orçamento. A partir desse levantamento, você pode se organizar para investir todo mês.


Avalie sua capacidade de aportes mensais


Ligado ao planejamento financeiro, analise a sua capacidade de realizar aportes mensais. Quanto mais recursos você conseguir destinar à sua estratégia de investimentos, mais próximo você estará de realizar suas metas.


Caso haja oscilações em seu orçamento ou não sobre muito dinheiro, reveja seus gastos e despesas para reduzi-los ou torná-los mais previsíveis. O ideal é que você separe, pelo menos, 10% do que recebe para investir.


Considere seu perfil e seus objetivos


Além de saber quanto você pode investir mensalmente, é preciso considerar para que você fará esses investimentos. Sendo assim, defina metas financeiras claras, mensuráveis e específicas. Também é preciso classificá-los pelo tempo, considerando o curto, médio e longo prazo.


Ademais, cada estratégia de investimento está relacionada a um perfil de investidor — que pode ser conservador, moderado ou arrojado. Por isso, ao investir, considere esse fator para fazer aportes adequados ao seu nível de tolerância ao risco.


Analise as oportunidades de mercado


O mercado financeiro é bastante amplo e dinâmico e frequentemente surgem oportunidades para investidores — seja na renda fixa, seja na renda variável. Portanto, ao fazer os seus aportes mensais, fique sempre atento para aproveitar esses momentos.


Diversifique sua carteira


Ao trabalhar na sua estratégia mensal de investimento, é fundamental que você diversifique sua carteira em diferentes classes, ativos e mercados. Dessa maneira, você poderá mitigar riscos e aumentar o potencial de retorno do seu portfólio.


Mantenha a disciplina nos aportes


Quando o assunto é investimento, a disciplina é um fator primordial. Fazer apenas um aporte não costuma ser suficiente para que você realize objetivos — em especial se eles exigirem quantias mais elevadas.


Logo, independentemente das flutuações e do momento do mercado, invista de forma consistente, mês a mês. Essa é uma das chaves para o sucesso no longo prazo.


Conte com o auxílio de uma assessoria de investimentos


Conforme você acompanhou até aqui, definir uma estratégia mensal de investimento não é uma tarefa tão simples. Ela envolve diferentes questões, o que exige tempo e conhecimentos específicos.


Nesse sentido, uma solução que pode ajudá-lo nesse processo é contar com o auxílio de uma assessoria de investimentos. Dessa forma, você terá suporte de um profissional que poderá esclarecer dúvidas e fornecer informações que ajudem em suas decisões de investimento.


Uma estratégia de investimento bem elaborada é fundamental para guiar suas escolhas no mercado financeiro. Por meio dela, você consegue tomar melhores decisões e pode alcançar diferentes objetivos.


Precisa de ajuda para definir a sua forma de investir mensalmente? Conte com a Jobin Investimentos!

bottom of page